A derrapada da oposição na Bahia

Arquivado em: Destaques |

Enquanto a situação mobilizou os bastidores políticos e aparou arestas para possibilitar por fim a divergência existente entre petistas, comunistas e o candidato do PSD Ângelo Coronel, a oposição baiana patina nesse quesito. Entre os membros da oposição, há um racha explícito. Nos bastidores, Jutahy Magalhães, ao lado de membros do tucanato e do DEM comentam da insatisfação em relação ao PSC. A situação foi agravada nessa segunda feira, dia em que o cenário político baiano ferveu em função da derrapada na formação da coligação da chapa de oposição.
Tudo que ficou definido na convenção na última sexta-feira foi desfeito pelo PSC, desfazendo o chapão na proporcional. Mesmo diante do imbróglio, que deflagrou uma crise na campanha de Zé Ronaldo, a candidatura de Irmão Lázaro ao senado foi mantida. A dúvida é se, diante do exposto, haverá unidade na campanha, ou o episódio fará sucumbir a já combalida esperança de Zé Ronaldo. download (1)

comments