Ilhéus: Comerciantes da Sete de Setembro pedem socorro

Arquivado em: Brasil |

Os comerciantes da rua Sete de Setembro,localizada nas imediações da Cairú, rotatória que foi praça até um passado recente, pedem socorro. O local, que conta com casas comerciais que vendem embalagens, materiais de construção e de pesca, além de Pet Shops e inúmeros açougues, além de receber o investimento de uma padaria que será inaugurada em breve, não possui um local adequado para carga e descarga de produtos. A Prefeitura foi comunicada do problema, mas a anatomia do absurdo em questão pode ser exemplificada na grotesca cena em que trabalhadores são obrigados a carregar partes de bois com dezenas de kilos nas costas por longas distâncias. Comerciantes relatam que já informaram ao secretário de indústria e comercio sobre a dificuldade que passam, mas lhes foi dito que há um projeto de revitalização da área, e que tal projeto contempla a solução do problema. É louvável que o poder público planeje a revitalização do centro nevrálgico de Ilhéus, mas é tão plausível quanto urgente que agentes de trânsito, ao invés de prejudicar as empresas que descarregam mercadorias, organizem em parceria com a secretária municipal de indústria e comércio um local provisório de carga e descarga. Com a economia em crise e sem apoio da Prefeitura de Ilhéus, os comerciantes clamam por dias melhores.IMG-20170713-WA0041

IMG_20170713_120346986

IMG_20170713_120204046

IMG_20170713_115809123_BURST000_COVER_TOP

IMG_20170713_115800949

comments