Ilhéus: Grupo de vereadores protesta contra nova licença de Jamil

Arquivado em: Brasil |

Durante a sessão parlamentar ocorrida nessa terça feira (18), na Câmara de Vereadores de Ilhéus, o presidente em exercício do parlamento, Gil Gomes, do Partido Verde, pos na ordem do dia um requerimento do vereador Jamil Ocke no qual foi solicitado que o recesso parlamentar fosse desconsiderado na licença do vereador, que há quatro meses está preso no único presídio do município. A votação gerou perplexidade em alguns parlamentares, que acharam estranho o fato do pedido estar com o carimbo do gabinete de Jamil, preso no último dia 21 de março durante a operação Citrus. Lukas Paiva e Thadeu Muniz faltaram a sessão parlamentar. Um grupo de vereadores formado por Nerival Reis, Jerbson Moraes, Paulo Meio Quilo e Juarez Barbosa protestou e votou contra a ampliação da licença. Nerival Reis, do PC do B, pediu a cassação do mandato de Jamil Ocke. A Câmara de Vereadores de Ilhéus, no entanto, aprovou o pedido que na prática amplia a licença do vereador preso há 120 dias. IMG-20170718-WA0138

comments