Operação que prendeu Fantasma da Calábria apreende quase R$ 1 milhão

Arquivado em: Brasil |

A Polícia Federal apreendeu na Operação Barão Invisível R$ 889,9 mil — em reais, dólares e euros –, além de 2 carros, cinco relógios de luxo, três pistolas (calibres 40 e 380) e 41 munições.

Foram também apreendidos 14 celulares, um telefone satelital, três notebooks, um iPad, uma impressora, HDs externos e pendrives, um modem portátil, cartões de crédito e documentos, mais 3,973 Kg de pó branco aparentando ser cocaína. A operação prendeu o italiano Nicola Assisi – apelidado de Fantasma da Calábria –, chefe de um grupo criminoso que controlava cerca de 40% dos envios de cocaína para todo o mundo. 

comments