PF aponta elo entre amigo de Temer e Rodrimar

Arquivado em: Destaques |

A Polícia Federal (PF) encontrou o que considera ser a primeira prova financeira que liga o coronel João Baptista Lima, amigo do presidente Michel Temer e apontado como seu operador, à empresa Rodrimar, que atua no porto de Santos e é investigada por ter, supostamente, sido favorecida na edição de um decreto presidencial em troca de pagamentos ao emedebista. Segundo a investigação, que tem Temer como principal alvo, o funcionário do coronel Lima, Almir Martins era também o responsável por um contrato que a Rodrimar mantinha com o braço de uma offshore do Uruguai no Brasil, a Eliland. A informação foi publicada nesta quinta-feira pelo jornal “Folha de S. Paulo” e confirmada pelo GLOBO. policia_federal

comments